22 de jun de 2017

BUSCA POR HERÓIS

Nenhum comentário:
Desde a primeira infância esperamos por heróis. Primeiro o pai, depois os “super heróis”, depois líderes carismáticos representantes do bem.
Repare como a sociedade vive em busca de um “ser maior” que a conduzirá para alguma terra prometida onde não haverá mais dor, nem injustiças, nem maldade. Isso nos isenta de responsabilidades.
Para esses o mundo sempre será maniqueísta e campo fértil para teorias conspiratórias de todas as espécies.
Então descobrimos que nossos pais são falíveis.
Os super heróis criações simbólicas.
Os ídolos esportivos, humanos.
Os políticos ambivalentes.
Os sacerdotes, pecadores.
Nós, relativos.
Toda incondicionalidade é falsa e representa elevado estado de imaturidade.
Abrir mão de super heróis amplia a visão e nos aperfeiçoa em direção ao amor que aceita a relatividade sem precisar negá-la. (F.S.)


20 de jun de 2017

Impeachment - A Construção do Povo Brasileiro

Nenhum comentário:

Compreender o que vem acontecendo na política e na economia brasileira tem se mostrado uma tarefa quase que impossível. Isso porque a crise em que nós nos encontramos é, acima de tudo, uma crise ideológica.
E na tentativa de entender melhor que crise ideológica é essa, o episódio de hoje vai tratar sobre uma questão fundamental: a formação do povo brasileiro.

Antes da gente começar nossa análise eu queria deixar claro que definir o perfil sociológico da população brasileira é simplesmente impossível. O que a gente vai criar aqui é uma narrativa, baseada na história do Brasil, cujo objetivo é elucidar alguns pontos importantes de nossa trajetória.

Infelizmente não abordaremos muito do Brasil antes da conquista pelos portugueses. Não entendam isso como desconsideração por esse período, no fundo é apenas uma escolha estratégica feita por conta do recorte específico que queremos comentar.
Dito isso, vamos ao que interessa.

Em 1500 a expedição de Pedro Álvares Cabral chegou ao território que posteriormente seria conhecido como Brasil, não vou nem entrar no mérito se ele queria ter chegado até aqui ou se foi um desvio acidental, o fato é que ele veio e tomou posse da terra em nome do rei de Portugal, na época era o Manoel I.

Não sei se vocês sabem, mas desde 1494 estava valendo um tal de Tratado de Tordesilhas que dividia as terras “descobertas e por descobrir” entre o Reino de Portugal e o recém-formado Reino da Espanha, e olha que isso tudo tinha o visto do papa Alexandre VI.
Voltando ao Brasil.

Esse primeiro contato dos portugueses com o futuro Brasil se deu na costa da Bahia. Lá eles travaram contato com índios Tupi, não ao exato qual tribo, e aprenderam algumas coisas sobre o que rolava aqui. O escrivão da frota, Pero Vaz de Caminha, tomou nota dessas impressões e em uma carta dirigida ao rei relatou o episódio vivido.

Em linhas gerais o que ele escreveu foi o seguinte:
Os nativos são subdesenvolvidos, com tendências a submissão e precisam ter suas almas salvas pelo cristianismo. Ahhh, a terra tem valor.

Mas por que eu estou dizendo isso?

Essa carta não é nem de perto um retrato fiel do que os portugueses realmente encontraram, mas ela diz muito sobre como eles queriam que enxergassem o novo continente.

Nascemos perante o mundo ocidental como um pedaço de terra a ser explorado. Será que isso mudou?

Enfim, durante um tempo não rolou muita coisa por aqui, já que o real interesse de Portugal estava nas Índias Orientais. Então foi aquele esquema: umas feitorias aqui, outras ali, uns escambos (é bem nessa época que vigorava a exploração do pau-brasil, uma árvore cujo tronco servia para a produção de uma tintura vermelha utilizada na região de Flandres, nos Países Baixos, para tingir tecidos; aliás, o nome Brasil veio desse produto, sim Brasil é o nome de um produto), umas missas...

Como o negócio ia devagar o rei Dom João III decidiu mudar as coisas. Ele instituiu o regime de capitanias hereditárias (hereditária significa que é passada de pai para filho). Essas capitanias eram basicamente um pedaço de terra gigantesco concedidos a donatários incumbidos de colonizar, proteger e administrar aquela região. Por outro lado, eles podiam explorar os recursos naturais da região.

Por mais que esse sistema não tenha dado muito certo, apenas as capitanias de São Vicente e Pernambuco deram certo, ele deixou profundas marcas culturais.

Durante mais da metade da nossa história faixas enormes de terra foram administradas por famílias, que por sua vez cediam porções menores de terra para outras famílias conhecidas (olha o nepotismo aí gente), que por sua vez arrendavam a terra para outras famílias e por aí vai...

Toda a tradição latifundiária e cheia de apadrinhamentos começou e se institucionalizou aí. Nessa fase nebulosa de nossa história...

Acontece que quando os portugueses perderam o domínio das rotas marítimas orientais para os ingleses e holandeses, estes principalmente, o Brasil passou a ter um papel bem importante na agenda de Portugal.





18 de jun de 2017

O homem de 300 mil anos

Nenhum comentário:
Acharam no Marrocos a ossada de um ser humano com 300 mil anos de idade. E aí, o que isso significa?



Link pro artigo original deste fóssil do Marrocos:
http://www.nature.com.secure.sci-hub....

Vídeos onde explico os graus de evolução de primatas:
https://www.youtube.com/watch?v=Q-X3g...
https://www.youtube.com/watch?v=m5vsZ...
https://www.youtube.com/watch?v=xes7C...

Meu vídeo sobre fósseis onde falo da evolução humana:
https://www.youtube.com/watch?v=J3z00...

Meu vídeo respondendo "porque ainda existem macacos":
https://www.youtube.com/watch?v=LBjDK...

Artigo sobre o fóssil da Etiópia, que era o mais antigo até semana passada:
https://www.nature.com/nature/journal...
http://in-africa.org/wp-content/uploa...

Sobre Neandertais terem significação:
http://www.pnas.org/content/107/47/20...
https://tylertretsven.wordpress.com/2...
http://news.nationalgeographic.com/ne...

Sobre golfinhos terem significação:
http://www.actforlibraries.org/how-do...

Meu vídeo sobre Cladística (onde explico anagênese):
https://www.youtube.com/watch?v=SAoFk...

Meu vídeo sobre o fóssil mais antigo do mundo:
https://www.youtube.com/watch?v=uYKAH...



Como fomos a Lua?

Nenhum comentário:
Depois do Nerdologia 199 (https://www.youtube.com/watch?v=r_qwx...), muita gente ficou com duvida como fomos a lua e como certas coisas ocorreram no programa Apollo. Que tal resolver essas duvidas aqui no Físico Turista?




16 de jun de 2017

O "PRIMEIRO" HOMO SAPIENS!

Nenhum comentário:
Até então o consenso era de que o homem moderno havia surgido há aproximadamente 200 mil anos, no leste da África. Mas, graças a uma recente publicação na Nature, essa história acabou de mudar! 



Referências:

- Nature sobre o assunto: 
http://www.nature.com/news/oldest-hom... 

- Science sobre o assunto:
http://www.sciencemag.org/news/2017/0...

- BBC sobre o assunto: 
http://www.bbc.com/portuguese/geral-4... 

- Vídeo do Pirula sobre o assunto: 
https://www.youtube.com/watch?v=z_Gbe...

- O Globo sobre o assunto:
https://oglobo.globo.com/sociedade/ci... 



15 de jun de 2017

A EMOCIONANTE E HUMILDE VIDA DE KEANU REEVES

Nenhum comentário:
Keanu Reeves, ou o homem que nunca envelhece é também um cara dono de um caráter humilde e uma história emocionante.




14 de jun de 2017

Por Que Amamos Fake News?

Nenhum comentário:




"Bandido bom é bandido morto"

Nenhum comentário:
É difícil acreditar que essa frase seja repetida por aí em pleno 2017 🤦‍♀️ E você? Acha que os conceitos de Direitos Humanos, empatia, respeito e consciência social são importantes para o desenvolvimento de uma sociedade mais igualitária ou são conversa da esquerda?




A Arte na Astrofísica

Nenhum comentário:

Astrônomos, astrofísicos e outros cientistas não têm o glamour que acham que tem. Foi-se muito o tempo que ficava-se olhando por uma lente os confins do Espaço. Hoje as observações são por meios de sinais, informações em forma de letras e números, gráficos e beeps. Transformar isso em informação visual, principalmente na hora da divulgação científica, é uma tarefa inglória. Mas assim como Galileu desenhou o que viu e publicou para que as pessoas participassem de suas descobertas, a astrofísica também tem artistas, que além de ter formação em carreira científica, são bons em representar mundos, galáxias e todas as maravilhas do que tem lá fora, mas que nós não podemos ver.




12 de jun de 2017

9 de jun de 2017

Existe político honesto?

Um comentário:



A Mais Pura Verdade Sobre a Desonestidade, por Dan Ariely: http://amzn.to/2qhZP5f 
The Dictator's Handbook: Why Bad Behavior Is Almost Always Good Politics, por : http://amzn.to/2qhZS0V 
Operação Política Supervisionada: http://ops.net.br/


8 de jun de 2017

Estudo mostra que jogar vídeo game ajuda a melhorar habilidades e funções do cérebro. Será?

Nenhum comentário:
Jogar vídeo game pode melhorar as habilidades e as funções do cérebro. A constatação foi divulgada no encontro da associação americana para o avanço da ciência. 






A Era do Videogame: O Polegar (Dublado) Documentário Completo

Nenhum comentário:
Sinopse: No primeiro episódio, nos é mostrada a gênese do conceito Videogame. Tudo começou durante a Guerra Fria, onde as pessoas estavam paranoicas, com medo de alguém “apertar o botão vermelho” e explodir alguma bomba atômica. Todos se sentiam impotentes por não ter o controle da situação, de poder apenas assistir. Mas os cientistas e pesquisadores do departamento de defesa (em Especial dos EUA e Rússia), começaram a usar tecnologia militar para produzir entretenimento. O que é bem irônico! Mas isso mostra que, desde o começo, o videogame é uma válvula de escape para violência e tensão.

A Era do Videogame: O Polegar (Dublado) Documentário Completo Discovery Channel






Reflexão: O mal que concedo

Um comentário:
Pense comigo: Você está bem, vivendo seu domingo em paz. O telefone toca e com ele vem a notícia de que um amigo querido morreu há seis meses, mas só agora puderam lhe avisar. Seu choro, seu luto, sua luto, sua dor virão na mesma intensidade que viriam se ele tivesse acabado de morrer.

A morte aconteceu há seis meses e nada tinha mudado para você, tudo normal, a vida caminhando bem até que a informação da morte determinou que naquele momento, seis meses depois, o amigo tinha morrido. Para você ele acabou de morrer. Tudo ficou escuro de repente.

  • Agora, responda com isenção: O que causou seu sofrimento, a morte ou a informação?

Tudo depende de como encaramos os acontecimentos e, sobretudo, como projetamos significados no que acontece.
Não são as pessoas, nem os acontecimentos, nem as perdas, nem mesmo a morte que nos faz mal. Não são necessariamente os maus tratos, as grosserias ou as armadilhas que colocam em nosso caminho. Sei que dói, somos humanos, não estou dizendo que é fácil, mas, repare: pessoas diferentes reagem de maneiras completamente diferentes a acontecimentos iguais; males coletivos despertam reações únicos e individuais conforme cada um vive a própria experiência.
Uns sofrem mais, outros menos, outras pessoas não sofrem; uns crescem, outros retrocedem; uns veem lições, outros apenas tragédias. Ninguém tem o poder de afetá-lo, nada pode lhe fazer mal, nenhum acontecimento lhe tocará a não ser que você conceda. Não são os fatos, é você. Pense nisso.


- Mensagens que chegam pela manhã


VOCÊ SABE QUE É EFEITO GASLIGHTING?

Um comentário:
GASLIGHTING: ALGUÉM ESTÁ TENTANDO FAZER VOCÊ ENLOUQUECER? 

Mais uma palavra para nosso Dicionário Feminista: GASLIGHTING “De vez em quando eu penso em todas as vezes que você me ferrou, mas me fazia acreditar que era sempre algo que eu tinha feito”. Kimbra canta isso na música “Alguém que eu costumava conhecer” do Gotye. Na psicologia este fenômeno é chamado “Gaslighting”. O Objetivo de quem promove este tipo de violência emocional é remover a credibilidade da parceira, atribuindo suas queixas e desconfianças a uma psicose, desta forma não só ela mesma vai crer que é louca, mas todos ao seu redor também. Gaslighting é usado para se referir a qualquer tentativa de fazer outra pessoa duvidar de seu senso de realidade. O agressor levanta informações falsas com a intenção de causar duvida na vitima. A vitima passa a duvidar de suas próprias memórias, percepção e sanidade. As formas de apresentação desta agressão podem ser… -

1- A simples negação por um agressor que os incidentes abusivos anteriores já ocorreram; 
2- A realização de acontecimentos bizarros por parte do agressor com a intenção de desorientar a vítima. Gaslighting significa “fazer alguém enlouquecer”. E com esta tática de desmentir as memórias do outro, é bem fácil mesmo fazer isso, uma modalidade de culpabilização da vítima. 

“Ele mentia patologicamente, parecia estar encenando com perfeição uma trama, e mesmo em situações que eu tinha certeza da verdade, enquanto ele tentava me convencer, eu chegava a acreditar nele e culpar-me por estar acusando ele, momento depois da conversa eu me sentia confusa, como se a minha verdade não fosse tão verdade, como se os fatos não provassem mais o que eu sabia”. (Eduarda) 

“Enquanto eu o interpelava a respeito de uma situação de traição ele me disse que eu estava ficando doente de tanto ciúmes, que eu estava paranoica, que eu… estava enlouquecendo e precisava de ajuda psicológica urgentemente, comecei a achar que era verdade, que estava ficando louca. Não fosse alguns dias depois uma situação que comprovasse a traição dele, eu talvez estivesse ainda pensando que estava desequilibrada.” (Eduarda) 

Com certeza alguns leitores e leitoras ao ler este texto dirão: “Ah, mas isso não é especificamente uma violência machista”. Não, uma mulher pode fazer a mesma coisa, mas levando se em consideração a opressão machista sobre a mulher, quem esta em maior chance de ser vitima? 

Em abril de 2012 surgiram denuncias de estupro contra militares nos Estados Unidos. Lembram se? Se não, podem ler aqui. Uma das mulheres é Schroeder que relatou que um companheiro da Marinha a seguiu até o banheiro, em abril de 2002. Ela diz que, em seguida, ele deu um soco nela, arrancou as calças dela e a estuprou. Quando ela relatou o que aconteceu, a um oficial superior, ele rejeitou a alegação, dizendo: “Não venha reclamar para mim, se você teve sexo e mudou de ideia”. Stephanie Schroeder, Anna Moore, Jenny McClendon e Panayiota Bertzikis foram às mulheres que levantaram as denuncias e para serem desacreditadas e com isso protegerem os homens que cometeram tal crime, foram diagnosticadas com transtorno de personalidade e consideradas inaptas para continuar no corpo de fuzileiros. “Eu não sou louca, eu sou realmente normal.” (Schroeder) 

“Lembro-me de pensar que isto este diagnóstico era um absurdo, completamente ridículo, como eu poderia ser emocionalmente instável? Estou perfeitamente lúcida, especialmente considerando tudo o que aconteceu”. (McClendon) Percebam como esta prática é extremamente conveniente, desacreditar mulheres, catalogá-las através de diagnóstico de terem algum grau de psicose, e livrar se delas sem precisar ir a fundo às investigações e punição dos culpados, que “pasme”: São homens. Robin Stern, autor de O Efeito Gaslight, diz que sinais de que você pode ser vitima de gaslighting incluem constantemente perguntar se a si mesmo “estou muito sensível?” Como relata Eduarda, “Todas as nossas brigas eu pensava comigo mesmo: ‘Devo estar de TPM.’ Porque no final de cada briga eu me culpava e achava que estava errada, ele sempre tinha razão”; Inventar desculpas para amigos e familiares para justificar os comportamentos do seu parceiro, outro sinal é a ausência da capacidade de tomar decisões sozinhas como relata Eduarda “Ele cuidava das finanças, meu salário ficava todo na mão dele, porque eu não acreditava que era capaz de gerir o meu próprio dinheiro, quando me empoderei e resolvi tomar de volta esta responsabilidade para mim ele fez chantagem dizendo que eu não confiava nele, foi muito difícil tomar de volta esta tarefa de gerir meu próprio salário, porque eu me sentia culpada, sentia que estava sendo ingrata com ele.” Se você se reconhece nesta situação, procure ajuda de um profissional, Gaslighting é uma opressão poderosa, e não é fácil superá-la sozinha. 

*Eduarda é um nome fictício de uma seguidora que preferiu manter se anonima. - Verinha Dias 
FONTE: https://feminismosemdemagogia.wordpress.com/…/gaslighting-…/)


6 de jun de 2017

As raízes da violência no Brasil

Nenhum comentário:
"É possível descrever a história do Brasil como a história social da violência". A violência e a falta de uma política eficaz de segurança pública estão entre os problemas mais graves enfrentados pelo Brasil hoje. O Professor Titular do Departamento de Sociologia da USP e diretor do NEV (Núcleo de estudos da Violência), Sergio Adorno, fala nesta entrevista ao Nexo a respeito dessas fragilidades e mostra como elas explicitam questões estruturais da sociedade brasileira, incluindo as desigualdade social e a violência praticada pelo próprio Estado.




4 de jun de 2017

Existe produtos que faz aumentar a inteligência? E se existe tem efeitos eficazes?

2 comentários:
É possível aumentar a inteligência, falaremos sobre as chamadas "pílulas da inteligência" e outras formas que as pessoas têm buscado de tentar turbinar as suas próprias inteligências.




3 de jun de 2017

REFLEXÃO: A INVISIBILIDADE DA EXISTÊNCIA DIANTE DE OLHOS CANSADOS.

2 comentários:
Durante a repetição de nossa breve existência, a beleza se torna rotina e fica invisível aos olhos cansados. Mas ela ainda está lá, disputando a nossa atenção com as demais distrações do cotidiano. Inserido nesse marasmo, o nosso tédio clama por algo, que nos tire da inércia, que nos torne especiais, clamamos pelo fantástico. Então parte de nós, abraça os "monstro", "seres incríveis" vindo de outras galáxias, entidades de outras dimensões, Deus, anjos, salvadores ou avatares. Seres esses criados para tornar a nossa existência mais interessante, nos colocando como protagonista de uma absurda rede de acontecimentos obscuros. Um modelo que às vezes carece de lógica, mas que alimenta a sede pelo inacreditável. Mas será que o universo é tão monótono assim, ou será que temos um pouco de preguiça e observar o que nos cerca? 

Ao longo dos anos a ciência nos apresentou fósseis de um passado longínquo, novos estados da matéria e mistério sobre a nossa origem e futuro. Um exemplo de um objeto fantástico, é o buraco negro, uma singularidade gravitacional, que desafia estudiosos em todo mundo. Um objeto tão denso que fura o tecido de espaço/tempo, engolindo tudo que se aproxima de seu horizonte de eventos. Os buracos negros é um mistério, um mistério mais real e interessante do que muitos inventados pela nossa ficção. A ficção é importante e o entretenimento, tem um valor social enorme, mas é bom olhar para a janela de vez enquanto, e se maravilhar com a paisagem. Estar vivo nesse mundo e nessa época, é uma dádiva, inseridos numa realidade tão complexa, e de possibilidade diversas, que achar isso monótono, é um grande equívoco. Mas o problema todo, é que DESAPRENDEMOS A CONTEMPLAR.



1 de jun de 2017

Era JK - História do Brasil

Nenhum comentário:
Em 1945, Getúlio Vargas enfrentou uma oposição decidida a tirá-lo do poder e estabelecer um regime liberal e democrático no país. Na iminência de ser derrubado por militares opositores, ele renunciou, depois de 15 anos como presidente, sendo sete deles comandando a ditadura do Estado Novo. Eleições foram convocadas e 6 milhões de brasileiros foram às urnas. O número era bastante expressivo, se pensarmos que antes da Era Vargas não costumava chegar a 1 milhão. O presidente eleito em 1945 foi o general do exército Eurico Gaspar Dutra. Tinha então início um período da história do Brasil marcado por uma maior participação popular na política nacional, pois se tratava da experiência mais democrática vivida até então no país. 




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo